Destino: capital da América do Sul

Não é porque sou paulistano, nascido a uma quadra da avenida paulista e torcedor do São Paulo que sempre digo que a nossa Sampa poderia (e deveria) ser batizada oficialmente como a capital da América do Sul. Existem outros motivos, mas todos eles são inspirados pelo o que a cidade oferece: gastronomia, cultura, proximidade de uma região – Litoral Norte  com as praias mais lindas do país – precisa apenas divulgar mais -, além de outras e tantas características únicas. Para ficar por dentro dos principais dados de SP acesse a página do São Paulo Convention & Visitors Bureau clicando aqui.

Outro dia meu amigo argentino Walter Paulovich comentou: “Puxa vida, estive em São Paulo recentemente (ficou hospedado no NH São Paulo na rua Frei Caneca a uma quadra da avenida Paulista) e saí para caminhar de manhã, cruzei a avenida e desci a paralela com a rua Augusta. Fiquei impressionado com o nível do comércio da Oscar Freire. Tantas lojas e restaurantes espetaculares. Por que isso não é divulgado?”. Pois é. Precisa divulgar mais.

A SP Turismo e o São Paulo Convention & Visitors Bureau vêm fazendo esse trabalho há mais de dois anos com mais afinco do que as outras gestões. Mas, o trabalho não é fácil. A cultura precisa mudar. Primeiro, o brasileiro precisa a apreender a gostar mais do seu país, da sua cidade, do seu bairro, da sua rua. Precisa lutar pelos seus direitos e bater no peito com orgulho, principalmente na hora de escolher nossos representantes no Planalto, e depois não esquecer de cobrá-los pelas promessas feitas em campanha. O brasileiro precisa parar apenas de ser patriota na hora do futebol, do vôlei, da fórmula 1 e olhe, que se os esportistas não demonstrarem uma boa performance, aí sim, o camelo rolará a duna (cansei do da vaca foi pro brejo) e que o cidadão sentirá mais raiva de ser tupiniquim.

Precisamos vender o destino. Cada vez mais. Mostrar pra todos tudo o que São Paulo tem de melhor. Divulgando o destino, mais turistas virão para cá e com o turismo todos ganham, desde os carregadores de malas nos aeroportos até os empresários de todos os setores.

Anúncios

1 Comentário

  1. Vinicius Medeiros

    Olha Peter, sinceramente, não concordo completamente com esse seu post de estréia, principalmente aquela sobre São Paulo capital sul-americana. Ok, São Paulo é uma grande metrópole sul-americana, certamente o principal centro econômico do continente, com uma multiculturalidade impressionante, além de várias atrações, mas daí qualificar a cidade como a capital da América do Sul já é demais. Noves fora meu amor declarado pela minha cidade, cujo apelido já diz tudo, você sabe bem que esse posto pertence ao Rio, seguido, claro, por Buenos Aires. Mas não fique triste. São Paulo tem seu valor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: