Evite conversar durante a escolha de alimentos

Sou chato nas questões que envolvem a higiene. Lavo as mãos constantemente, procuro colocar o lixo longe (na minha cozinha) das áreas de preparação de alimentos, mesmo que esse recipiente esteja tampado. Bactérias se multiplicam rapidamente e os alimentos crus como carnes e laticínios são os mais fragéis. Não sou nenhum expert em alimentos & bebidas, mas as aulas de nutrição na universidade foram bem úteis.

O que mais me deixa preocupado, dentro da minha mini-paranóia, é quando vou almoçar em restaurantes, seja naqueles dentro de hotéis ou nos de rua. Em 90% dos casos, os buffets que expõe muitas delícias não possuem nenhum tipo de proteção contra a proliferação de bactérias e de possíveis perdigotos (definição do Aurélio: salpico de saliva lançada quando alguém fala) disparados por pessoas que teimam em ficar conversando durante a montagem de seus pratos. Muitos param em frente aos balcões e até contam piadas. Imagine a quantidade de bactérias que são lançadas em direção dos alimentos durante uma gargalhada. Uma lei deveria ser criada e exigir que todos os expositores, buffets, etc tenham  uma cobertura de vidro, impossibilitando o espalhamento de substâncias indesejáveis. Plaquinhas com os dizeres “evite conversar durante a escolha dos alimentos” também deveriam estar estrategicamente colocadas nos buffets, ou ainda, nas próprias mesas. Ensinar é preciso!. Fui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: