Precisamos de mais Búzios

O Brasil poderia ter mais cidades como Búzios. O charmoso município fluminense possui uma fórmula ideal para atrair turistas. Tem muitas praias, algumas mais bonitas que as outras, que são usufruidas pelos banhistas durante o dia e pelos adolescentes durante a noite. Tem a rua das Pedras com inúmeros restaurantes e lojas de grife que ficam abertas até a madrugada e uma ou duas boates para fechar o agito. Essa fórmula de praia-gastronomia-consumo atrai cada vez mais os turistas que preferem investir em lugares que são fashion-seguros.

O Brasil precisa se armar com mais cidades com esse estilo. Lá em cima do mapa, perto da Europa, no Maranhão, existem duas cidades que possuem potencial fantástico. Uma delas, fica bem perto da capital São Luís e se chama Alcântara. A cidade construída pelos franceses e destruída pelos portugueses está esperando por uma transformação. Suas ruas e casarões podem receber milhares de turistas (na maioria europeus) se forem recuperadas e nelas instaladas lojas, restaurantes, barzinhos e outros atrativos que todo turista quer. A outra cidade maranhense é Barreirinhas, o portão de entrada para os Lençóis. Tem tudo para se transformar num destino buziano. Citamos apenas três exemplos. Existem centenas de opções.

E o que falta então para que todo esse sonho se realize? Desvincular interesses pessoais e políticos das ações. Assumir de vez que o Turismo pode ser nossa maior fonte de recursos. Nomear pessoas para os cargos que realmente tenham formação na indústria do Turismo. Capacitar prefeitos. Trazer especialistas estrangeiros para passar suas experiências para nós. Entre inúmeras ações.

Nós, brasileiros, temos uma veia no Turismo. Afinal trabalhamos pensando nos feriados que irão chegar, ou não? Começamos a semana pensando na sexta-feira, que a cada ano que passa, chega mais rápido, ou não? O Michelão consegue reunir mais de 500 pessoas oferecendo arroz-com-feijão (delicioso) no jantar, no meio da semana. A gente adora uma festa! A gente adora ir pras feiras internacionais, fazer negócio e cair na balada. Nóis adora o Turismo, então vamos de uma vez por todas viver pelo e para ele! Viva!

60earthhour2.gif

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: