Cadê a tábua?

Há alguns dias fui com meu amigo Ari Giorgi tomar uns choppes num hotel da região dos jardins. O empreendimento fica muito bem localizado e já tem vários anos de estrada. Ficamos obviamente no bar e depois da primeira rodada, resolvemos pedir algo para comer. Enquanto o garçom nos olhava com cara de não-sei-sugerir-nem-vender-só-sei-servir , optamos por meia tábua de frios com meia de queijos. “Podemos pedir meia tábua de cada?” Sim, disse o solícito atendente.

Passados poucos minutos, ele chegou com nosso pedido: um prato fundo, cubos com dois tipos de queijo e outros tantos quadradinhos de apresuntado. Isso mesmo. Fiquei imaginando como seria a tábua inteira de cada uma das opções. Das duas, uma. Ou a tábua não tem saída, ou não sabem como preparar, ou não tinham outros ingredientes, mesmo sendo uma quarta-feira. Ou será que o chef não gosta de frios e queijos? Qual será a desculpa? Será que ele é oriental e não conhece presunto? Já sei! Existem dois chefs, um que trabalha pela manhã e coordena a fatiação das iguarias para o café da manhã e outro que trabalha à noite e não põe a mão nos frios. Um conhece e o outro não. Acho melhor voltar lá e tentar descobrir. Vou me hospedar secretamente e pedir uma tábua de frios. Vamos ver como ela será. Será que a tábua virá?

Fiz uma busca de tábua de frios no Google e confiram o que encontrei. Exemplos não faltam. O que falta é interesse em melhorar e se aprimorar. Detalhe é tudo. Vou nessa! Boa semana! 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: