Feios, sujos e malvados!*

Impressionante como uma secretaria da prefeitura de São Paulo pode, em um curto espaço de tempo, bagunçar com a vida de milhares de cidadãos, com a rotina de empresas que sustentam outros milhares de colaboradores por meio de trabalho construído e conquistado ao longo dos anos. E de repente, o chão se esvai e não há para onde correr, pois tudo continua parado.

As ações ditatoriais da prefeitura vem causando polêmica – talvez seja sua tática de marketing. Foi assim, quando há mais de dois anos atrás, o prefeito resolveu “limpar” a cidade, prejudicando milhares de famílias que trabalhavam e mantinham seus lares e empregados, que de repente se viram sem o que fazer – sei de um caso que o dono da empresa de fachadas teve um infarto, depois um AVC, imaginem a situação da família dele.

Eu não acredito em ações que beneficiem apenas parte da sociedade e prejudiquem a outra. A prefeitura tem a obrigação de realizar um planejamento minuncioso, ouvir as partes envolvidas, estudar a fundo e só depois chegar a uma conclusão. Esse negócio de primeiro vir com a lei e depois ir adequando a situação conforme as necessidades não resolve nada, pois o prejuízo e a “zona” já foram instaurados.

O mais engraçado é que todos sabem que o grande problema do trânsito em São Paulo é a enorme quantidade de caminhões que circulam pela cidade em qualquer horário. Por que não se faz nada em relação a isso? Já pensou o que está por trás da grande “máfia” dos caminhões? Companhias de seguros, autopeças, petróleo, etc. Imaginem o volume de recursos que está por trás de tudo isso e quantos são “beneficiados” para não agir. No caso dos fretados, não vejo um grande mal causado pela circulação deles, mas dos caminhões, ah essa atrapalha, e muito!

E o turismo? As medidas têm atrapalhado muito o trânsito de turistas em São Paulo. Não se pode mais fazer city tours, levar integrantes de seminários para outras praças, não se pode trazer pessoas doentes de outras cidades e estados para serem tratadas nos hospitais paulistanos. Os operadores de receptivos reclamaram muito na semana que se passou. O pior é a principal entidade de SP ligada ao setor que não fala nem sugere nada, diz que tudo vai ser resolvido e que não vislumbrou a situação que está ocorrendo. Bem, afinal eles fazem parte da máquina e precisam receber seus salários.

É a política, é essa maldita política que atrapalha o desenvolvimento do país. É o dinheiro recolhido que se esvai para alimentar os bolsos de milhares de corruptos que vivem sem produzir nada, é a corja que denigre a o brilhantismo contido nas mentes férteis e criativas de brasileiros que desejam ver um país desenvolvido, gerando empregos, criando indústrias verdadeiras, preservando o meio-ambiente e melhorando a vida das pessoas. Políticos feios, sujos e malvados que não têm visão nenhuma do que é a vida, do que somos, de onde viemos e para onde vamos.

O momento está chegando para que tudo isso acabe. Os valores verdadeiros serão resgatados. Quem viver verá. E os que desencarnarem também. Viva a Mãe Terra, essa sim é verdadeira razão da vida! Ahô!

* Feios, sujos e malvados é um filme de Ettore Scola produzido em 1976 e ganhador do prêmio de Melhor Direção em Cannes.

Anúncios

1 Comentário

  1. Luiz

    Só para acrescentar, a Prefeitura não limpou as ruas, não limpou as pixações, não limpou o mercado dos seus fiscais corrompíveis, não limpou a própria Câmara. Mas limpou a publicidade das ruas!
    Gozado, pois esta “sujeira” chamada publicidade era feita de forma HONESTA, por empresários e trabalhadores que pagam impostos.
    Não é uma ironia?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: