O descaso com o Turismo: falta de visão ou incompetência?

Incompetência talvez não seja, pois os brasileiros são criativos, versáteis e inteligentes. É falta de visão mesmo aliada a um aspecto cultural. A abundância – se preferir leia excesso, a primeira palavra realmente é esquisita – de atrativos turísticos neste país é tanta que o povo não dá o devido valor. Veja o caso dos alemães e ingleses. Os fabricantes das melhores salsichas não tem costa e consequentemente praia, já os inventores do futebol moderno estão numa ilha mas o clima não ajuda. Qual é o sonho de consumo turístico deles? Praia! Para onde eles íam nas férias na época das vacas gordas? Caribe, Espanha, Nova Zelândia. Brasil? Muito longe, além disso, as únicas coisas que suas mentes recordam quando se fala o nome do país é Cohpácahbahnah, caipirrrinha, mulahtá, rronaldinha. E francamente não dá pra atrair turista com esses temas velhacos.

O visitante chega em qualquer cidade brasileira e encontra uma orla bonita, um clima fantástico e povo simpático, mas que ainda o explora, furta e põe em risco sua vida. Nesta semana, turistas foram assaltados em hotel de Salvador. O pelourinho, um dos bairros com maior potencial para ser a eterna sensação do Nordeste está abandonado, não se pode caminhar sem ser abordado por mendigos e drogados. O que antes foi um orgulho turístico, hoje é uma vergonha.

Vergonha maior é a maneira que a maioria dos nossos governantes atuam. Eles não têm amor pela pátria, pensam apenas em encher seus bolsos com milhões de dinheiros, não sabem cantar o hino e desejam apenas tomar uísque escocês de primeira e comer tudo que encontram pela frente. Infelizmente é assim desde a época da colonização. Para entender melhor, sugiro a leitura da trilogia literária de Eduardo Bueno.

Subimos mais e chegamos à São Luis, no Maranhão. Seu centro histórico é precário, largado e também necessitado. A uma hora dali, de barco, pode-se chegar à Alcântara, que aí sim, meu querido leitor, é um município que pode sem dúvida ser a Búzios da região. Lá o tempo parou, os casarios e ruas estão prontos para receber hotéis, pousadas, restaurantes, lojas, centros culturais, feiras, shows folclóricos e uma gama de outros atrativos, que aliados a uma infraestrutura de chegada com voos e divulgação correta no exterior, trariam milhares de turistas o ano todo.

Ficamos no mesmo Estado e vamos para Barreirinhas, uma das portas de entrada para o inesquecível destino de Lençóis Maranhenses, um lugar mágico, único, onde podemos encontrar com nós mesmos e ver nosso ser supremo. Tente chegar lá com a família, custa mais caro do que ir para Londres.

Não vou cansar de repetir: o Brasil tem o potencial para ser o maior destino turístico do planeta. Podemos viver apenas do turismo, que é o melhor negócio do mundo, o segmento traz melhorias, desenvolve a cultura, transforma pessoas, é da paz, da alegria!

Empresários do setor, unam-se! Sejam vocês os patriotas e finquem suas bandeiras em todos os pontos deste Brasil. Unam-se e criem representações pelo mundo afora e tragam mais turistas para cá. Ajudem a manter os brasileiros aqui para que conheçam seu país antes de cruzar os mares. Pensem primeiro em nossa terra, trabalhem com amor e não apenas no cunho comercial. Defendam e respeitem o meio-ambiente! O momento de mudar é agora. Mexam-se!

Advertisements

5 comentários

  1. João Oliveira

    Excelente matéria,

    tudo bem colocado e real, a hora é agora, não dá mais pra viver com tanto descaso e incompetências por parte dos órgãos públicos.

  2. Grande Peter,

    Grandes verdades em poucas palavras.

    Este tema há muito tempo incomoda os brasileiros que acreditam neste país. Somos muito culpados por esta visão, pois, há algum tempo nossas campanhas de divulgação tinham uma bela modelo (Maria João), trajada em um pequeno biquini (pelo menos para época) e era uma das principais peças de divugação da Embratur, junto com a Borboleta “Fly To Brazil!”
    Hoje, espero que nossos lideres politicos (pelo menos os futuros) tenham soluções para temas que realmente possam levar nosso país para o primeiro mundo e transformar o turismo em uma potência, afinal, temos tudo para isso.

    Abraços,

    Eduardo Melo

    • Oi Peter,

      I have visit brazil 6 times before moving here, been living here 2 months.
      Brazil for me was love at first sight, I totally agree with you on the potential of this country, the wealth just have to be spread and the tax money accounted for.

      /Tony

  3. Caracas, muito bom seu post…
    na verdade foi um desabafo né?!…
    Realmente é muito difícil trabalhar nessa área do turismo/hotelaria (eu trabalho e sei como é)…
    Tanta belezas naturais que temos e que não são aproveitadas…E os responsáveis por passar nossa imagem pro exterior só sabem mostrar as mesmas bundas de mulatas no carnaval, os mesmos lances de Ronaldo e Cia jogando futebol, etc, etc, etc…
    Nós até podemos nos unir e fazer algo, mas sinceramente acho que nós, simples mortais, não somos levados a sério e não fazemos valer nossa palavra aos nossos mandantes…A começar nosso querido e maior turista brasileiro Presidente Luis Inacio Viajando Lula da Silva…. ¬¬

    • (Muito feio uma mulher dizendo “caracas” enquanto mobiliza uma escrita) -deixa deixa… Estou no Maranhão e pra sair da capital rumo a Barreirinhas são trinta reais de toyota, hospedagem a 60 em dormida e café(pousada)fora a passagem, não sai um absurdo em dinheiro, mas poderia haver pechincha… -Entendo a anlogia à Londres.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: