Vou mudar de ramo e abrir uma rede de camelôs!

As vezes a gente cansa né? Dá uma vontade de chutar o pau da barraca e gritar bem alto: cheeeeeeeeegaaahhh!!!!!

Faixa 1
Nesta semana fui num cinco estrelas, parei o carro no port cocher, o mensageiro veio imediatamente e se postou ao lado do veículo esperando eu demonstrar a atitude para descer, assim que estendi a mão para puxar a maçaneta ele abriu a porta e me disse: “bom dia. Bem vindo ao…!” Muito bem!

Ah, como é bom receber esse atendimento hoteleiro que deveria ser o exemplo de todos os meios de hospedagem desse brazilzão! Desci do carro, abri a porta traseira para pegar a mochila e vi o manobrista subindo a pequena rampa displicentemente. Foi até a registradora, imprimiu a ficha e depois antes de me entregar resolveu conversar com o colega dele, até que este disse: entregue o comprovante ao cliente!

Resumo da opereta: o encantamento que o colaborador do hotel conseguiu me passar foi por água abaixo pelo funcionário da empresa terceirizada. Capacitação na moçada!

Faixa 2
Nestes dias recebi um @mkt (e-mail marketing) de um hotel, aliás o único cinco estrelas de uma de nossas capitais, o assunto era a tarifa especial para a semana específica de atividades, sabe quanto? R$ 105 por pessoa sem café em apartamento duplo, ou seja R$ 210 pela UH! Fiz uma consulta rápida na internet e encontrei um hotel econômico por R$ 145 sem café, a diferença entre os dois meios de hospedagem? R$ 65. Porca la miséria… E os midscales como ficam? O cinco estrelas tem tarifa econômica? É um cinco estrelas econômico? Já sei, vão lançar um econômico cinco estrelas! Será que é uma estrela econômica de cinco pontas? Ou uma ponta de estoque de estrelas? Ai, pirei!

Faixa 3
A natureza é sábia! Muitos concordam com essa afirmação e tantos outros não. O rato respeita o gato que respeita o cão que respeita o leão que respeita não sei quem. Os pequenos geralmente respeitam os maiores. Quando isso não acontece, alguma coisa está Fora da ordem, fora da nova ordem mundial*.

A maioria dos motoboys está fora dessa ordem, não respeitam os maiores e… Morrem! Não respeitam e se perdem como zumbis em busca do sangue que invade suas bocas quando batem as faces no asfalto. Passam que nem loucos em busca dos últimos cinco minutos do mundo. São intolerantes e errantes, verdadeiras moscas que passam, irritam e levam tapas de paralamas e parachoques até caírem pelo chão! Xô! Bi-bi pra vocês ó!

Faixa 4
Vou mudar de ramo! Vou abrir uma rede de camelôs que vai salvar a população dos cocos dos cachorros, da vida e dos políticos que teimam em ser corruptos! Minha rede de camelôs será o criada para recolher os saquinhos cheios de caca dos auaus. Sim, as madames podem nos deixar os invólucros das necessidades caninas. Vamos também recolher sapatos velhos, sandálias havaianas e chinelos gastos e tênis furados!  Vamos passar o coco nos calçados, ir até às assembléias legislativas, câmaras de dePUTAdos e tacar nos polítcos. Vamos enchê-los de sujeira para que ninguém mais queira chegar perto deles! Vamos trazer os porcos para seus lugares, que merecem mais respeito do que esses que têm nome de plantas que servem para afastar os maus agouros. Sapato cheio de merda neles! Schlapt com as sandálias de plástico sujas de coco em suas caras! Fora! Chega! Aho!

* Trecho da música Fora da Ordem de Caetano Veloso.

Anúncios
  • Posted in: 1

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: