Onde estaciono minha carroça de cigano?

Hoje liguei para minha mãe, que vive cinco meses do ano em Teerã, no Irã e o resto dos 365 dias ela mora aqui em São Paulo. Vou contar um pouco sobre minha vida para que entendam minha ascendência. Meus avós paternos nasceram na Rússia, ele (Matzvei ou Matheus) em 1892 e ela (a babo* Rosa) em 1899, os dois já estão em outras paragens desde 1983 e 1987, respectivamente.

Bom, a ascendência deles era basicamente armênia – minha avó dizia que havia algum parente judeu, mas não posso provar isso. Pois bem, em 1923, eles meio que fugiram (da revolução) para o Iraque – alguns familiares foram direto para Teerã. Meu pai acabou nascendo em Bagdá e, um par de anos depois, eles também foram para a capital (naquela época) da Pérsia. Em 1953, com receio dos acontecimentos no país, eles vieram para o Brasil e fincaram suas novas raízes em São Paulo. Meu pai nos deixou em 2006… Saudades!

Já meus avós maternos têm uma história tão interessante quanto. Minha avó (Armen) foi nascida em Teerã, com ascendência armênia, e meu avô (Antonio) na antiga Iuguslávia, com pais de origem tcheca e italiana. Ele era engenheiro de estradas e adorava viajar, acabou passando por Teerã, conheceu a bela Armen, se apaixonaram, casaram e tiveram cinco lindos filhos: Maria, Ida (minha mãe), Diana, Robert e Helena. Em 1954, resolveram vir para terras tupininquins, desceram no porto de Santos, subiram a serra e também se instalaram em Sampa, em um sobrado na avenida Miruna, que ainda existe. O vô Antonio nos deixou em 1985 e a babo Armen em 1999.

Pelo que sei então, 3/4 do sangue que corre nas minhas veias é armênio, o resto divide-se em tcheco, iuguslavo e italiano. Pois é, sou quase cigano! Às vezes brinco com os conhecidos que encontro por aí e que me perguntam sobre a história que acabei de contar… Pois é, vocês não viram uma carroça de cigano aí fora? É minha!

Fico imaginando de quantos povos já fiz parte durante a minha existência de mais de dez mil anos neste lindo planeta: devo ter sido quase de tudo: índio, aborígene, hindu, árabe, judeu, francês, inglês, argentino, africano, português, espanhol, italiano, holandês, alemão… Creio que todas essas “vidas” são tão latentes que por isso não consiga segregar nenhuma dessas raças, na verdade como o velho Yuri dizia quando perguntavam qual era a origem dele:
– Sou terráqueo! E dava risada! O mais engraçado é que a maioria das pessoas não entendia e eu… Ficava rindo “por dentro”.

Desejo que as pessoas desse planeta possam viver em paz com todos, que não façam guerra, não se odeiem, não julguem, vivam sem prenconceitos, que olhem para o coração de cada um e sintam o verdadeiro ser que existe dentro de cada um de nós! Boa semana a todos! Aho!

* Babo = diminutivo de babushka, que quer dizer avó em russo.

Advertisements
  • Posted in: 1

8 comentários

  1. =) post com gostinho de saudades!

  2. Marcia

    É…saudades e gratidão!

  3. É NINGUÉM PODE DIZER QUE VC NÃO TEM HISTÓRIA PARA CONTAR RSRSS..

  4. Gosto muito dos seus comentários no blog..

  5. Robert

    Um belo resumo. Sob esse prisma que bom ser cigano. Quanto mais ensinamos, mais aprendemos. Compartilhando conhecimento, evoluímos…… alem das futilidades da vida, por isso, estamos aqui em busca de nos aperfeiçoarmos. ………………..

  6. Mah

    Vish, tanta história pra contar dessa família de hippies, ciganos, ocidentais, orientais, extraterrestres… Acho que temos um tanto de tudo, hehe!

  7. Solange

    É isso Peter, somos seres assim mesmo: imortais e maravilhosos, andando com nossas carruagens…
    Que beleza a vida de terráqueo que temos, heim? Um brinde ao respeito!
    beijão

  8. Samuel Kruchin

    Amigo Peter,

    São todas essas vivências que fazem você “cigano”
    tão especial.

    Não é a toa que é um hoteleiro…

    Grande abraço,

    Samuel Kruchin

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: