Nós e a hiper-mega-super barraca de camping

Existem turistas que não ficam em hotéis e outros meios de hospedagem. Vão para suas casas de campo/praia ou viajam somente para casa de familiares. Outra classe prefere se hospedar em hotéis de grande porte cinco estrelas como Hilton, Hyatt, Sheraton, etc… Outros preferem hotéis-boutique, onde o atendimento é mais pessoal. Tem a galera dos hostels, pousadas, trailers, hotéis super-luxo, e outras categorias de hotéis e até camping. Seja por carro, ônibus, moto, avião ou barco, todos esses turistas necessitam de algum lugar para ficar.

Lembro, quando há mais de uma década, resolvemos ter nossa barraca-casa de praia na região de Ubatuba. Já havíamos tido outras boas experiências de camping no Parque Nacional de Itatiaia, quase na base do Pico das Agulhas Negras. A forma direta de estar em contato com a natureza é muito válida e gratificante. Bem, a experiência praiana foi diferente. Primeiro porque o camping parecia um condomínio. Tinham várias áreas: dos trailers, das barracas e dos que haviam construído suas super barracas com piso de lona (que era encerado pelas “donas de barraca”), armários, geladeiras, fogões e microondas, sala de estar, quarto, vasos sanitários para o pipi da madrugada entre outras amenidades que deixariam muitas pensões no chinelo. As pousadas, naquela época, começavam a se proliferar…

Quem nos levou para conhecer o camping foi o Garcia (José Garcia Nardi) e sua esposa, a querida Gê. Na época, trabalhávamos juntos no Meliá WTC, ele como assistente da gerência de Manutenção e eu, gerente noturno. Boas épocas! Depois de acamparmos alguns finais de semana e feriados, decidimos fincar de vez nossos espeques naquele terreno. E não ache que foi pouca coisa.

Compramos, cada família, uma Camping Star, a carreta-barraca que podia ser levada para todos os lugares. Bastava acoplar ela no engate do carro e seguir adiante. Em cima iam os apetrechos e dentro ficava toda a estrutura que podia ser montada em poucos minutos. Abria-se a tampa da carreta e a barraca já se armava. Algo muito prático! Depois que se colocava a tampa no chão, o quarto e uma pequena saleta estavam prontos. Aí, puxávamos o avancê 1, depois o 2 e tchum! Tínhamos uma barraca de sala, closet e dois quartos. O problema era que a lona da Camping Star era permeável e por isso outra tinha que ser colocada sobre a estrutura. Só que tinha um outro agravante, o negócio virava uma estufa. Todos nossos vizinhos sofriam com isso.

Anúncio antigo da Camping Star (crédito: macamp.com.br)

Inspirados pelo professor Pardal, resolvemos fazer algo diferente de todos. O Garcia projetou e mandou fazer uma mega estrutura tubular, que pesava uns 200kg, a Gê mandou fazer uma super lona, prateada por fora e eu, fui atrás da lona que serviria de piso. Contratamos alguém para nivelar o terreno e começamos a montagem da estrutura. Depois de pronta, a barraca ficou parecendo um hangar, devido a sua altura de 3,2m. Os 40cm de diferença entre o teto da Camping Star e da própria estrutura criava uma área natural de ventilação. Efeito estufa? Nananinanão, uhú!

Quando terminamos o hangar, alguns vizinhos vieram tirar sarro e dizer: cadê o avião? Vai ser uma oficina mecânica? O Garcia e eu respondíamos: tá frio aqui, né?!

Para o piso, compramos vigas e ripas, e cercamos todo a área. Depois de pronto, as laterais e o fundo ficaram com uma altura de 50cm, tudo para evitar a entrada de bichos e outros animais. Feito isso, entramos com a carreta e armamos a barraca (no sentido correto, por favor!). Em alguns finais de semana, tudo ficou pronto. Sofá-cama na sala, mesa de seis cadeiras, geladeira, tapetes, armários… Até que a direção do camping resolveu aumentar o preço da mensalidade para acabar com os “grileiros”. O valor não compensava manter a barraca lá e foi todo mundo embora, incluindo nós. Agora, imaginem a cena, a carreta desmontada com toda a tralha em cima, chegando a 4m de altura, sendo puxado por um Palio 1.0 e subindo a serra! Que aventura! A experiência serviu para atestar que lugar fixo, nunca mais! Mas, que foi divertido, foi!

É claro, que hoje preferimos acampar em bangalôs pontaganchenses, transamericanos ou em suites alvearenses ou ariaenses mas, que dá vontade de deitar sob as estrelas, isso dá! E aí Garcia e Gê, vamos acampar? Fui, aho!

Anúncios
  • Posted in: Sem categoria

10 comentários

  1. HAHAHAHAHA dei mta risada com o post! como eu era criança eu nem fazia ideia que a nossa barraca-casa tinha toda essa engenharia por trás.. só sei que foram feriados, fds e férias muuuuito divertidas!! =DDD beijos, pai!

    • blogdopeter

      Oi Giu, é verdade! Memórias para sempre! Bjks!

  2. Ruben

    Sempre lembro da aventura que foi descer a Tamoios em uma das vezes que fui para lá, bem divertido. rs

    • blogdopeter

      É verdade Rubão, lembra? E dá lhe o Peuget 405 verde escuro ano 1993 automático e francês. Andava bem! Abraçao

  3. Garcia

    Muitas recordações!!! Duas tremendas casas na beira da praia, como vc lembrou pé na areia, estrelas, cerveja e peixe fresco. Nada melhor para recarregar as baterias nos finais de semana. Valeu pela lembrança, um TREMENDO ABRAÇO.

    • blogdopeter

      Pois é Garcia! Ficaram as boas lembranças e os bons momentos em nossos corações! Valeu! Abraço forte!

  4. Jorge

    Bem meu amigo, imagino que aventura essa da enorme barraca, eu estou fazendo uma carreta transformavel em mini treiler, e está dando certo. Imagino a aventura que foi essa sua invenção. Um grande abraço. Estou quase me aposentando e imaginando-me viajando fora do RGS. Meu E-mail jo.acosta@bol.com.br

  5. Vicente

    gente alguein pode me disser onde eu posso compra uma cuanto sai¿

    • Vicente, faça uma pesquisa com “vendo camping star” no google, que aparecerão algumas opções. Mercado Livre e OLX são alguns dos canais onde existem algumas opções. Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: